Bella e Diego fazem as pazes após troca de farpas dentro e fora do reality

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

O fim do "BBB14" para Bella e Diego trouxe a possibilidade de que uma amizade seja construída. Após o desentendimento na casa, fora do confinamento eles enfim se entenderam e resolveram levantar bandeira branca na comemoração de aniversário do Junior, que reuniu alguns ex-BBBs desta edição em um bar de Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (26).

Por telefone, Bella contou ao UOL que conversou com Diego, Franciele e a família do carioca. A pernambucana, que defendeu veementemente a eliminação do publicitário com medo de que ele ganhasse o programa, justificou sua postura ao dizer que, entre outros motivos, foi inflamada pelo fervor das torcidas dos participantes.

"Conversamos e percebemos que muita coisa de não nos gostarmos foi por causa do jogo. Algumas coisas eram passadas pra mim de uma maneira diferente daquilo que aconteceu. Vimos que era tudo uma grande besteira", declarou Bella.

Mais tranquila, ela garantiu que não guarda mágoas de seu ex-rival. "Graças a Deus não sou rancorosa. Por causa de um jogo, não podemos disseminar ódio e raiva, mas sim coisas boas", ponderou.

"Diego tem algumas opiniões que divergem das minhas, mas não é um mau caráter. É uma pessoa boa, que passou por muita coisa [o ex-brother enfrentou uma luta contra as drogas]. Se não fosse pela briga que comprei do Vavá [Vagner], seria amiga dele", compreendeu. Ela acredita que, por serem parecidos – terem opiniões fortes e exporem o que pensam -, poderiam ter se dado bem ainda no confinamento. "Infelizmente as nossas características se chocaram para o mal", lamentou.

Em sua página do Instagram, a ex-sister postou uma foto em que aparece, ao lado de Diego e Franciele, dando um abraço no aniversariante Junior. "Pedimos desculpas, porque apesar de tê-lo criticado [nas redes sociais], também vieram críticas do outro lado", disse a bailarina.

Bella
Bella

UOL Cursos Online

Todos os cursos