Rodrigo defende votação em grupo: "Virou uma guerra"

Do UOL, em São Paulo

A semana turbo do "BBB14", como foi denominada por Boninho e sua produção esta fase inicial do programa, está mexendo com os participantes. Na madrugada desta segunda-feira (20), os primeiros conchavos começaram a surgir. A fim de se manter por mais tempo no jogo, Rodrigo percebeu que fortalecendo o seu grupo pode se defender de possíveis votos. Para isso, ele é favor da combinação de votos.

"O que você puder fazer para ficar aqui, Princy, você tem que fazer. Quando você começar a jogar o seu jogo sozinha é diferente. Agora são grupos. Virou como se fosse um grupo A e B, uma guerra", disse o cozinheiro.  "A ideia é vocês me darem uma ideia de quem vocês querem votar. É mais ou menos isso", o brother para Aline e Marcelo.

Princy ficou receosa sobre combinar votos e disse que isso não é algo "bem visto" fora da casa.. "Se combinarmos os votos o público nos manda embora. O problema não é ir para o paredão, é ir embora da casa", afirmou. Rodrigo destacou que neste início de programa é importante eles permanecerem no confinamento para se tornarem mais conhecidos para o público. A corretora de imóveis concordou e acrescentou: "A gente tem que votar em um pessoa fraca, que a gente acha que saia. Temos que ter motivos coerentes e não 'malhar o judas'". 

Os grupos que Rodrigo se refere são os que foram formados, com pequenas alterações, desde a primeira prova do líder.

Últimas de BBB14

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos