Ativista e vegetariana, Vanessa diz que largaria homem que comesse X-Bacon

Bruna Nastas
Do Uol, em São Paulo

Loira, sarada e tatuada, a modelo Vanessa Mesquista, participante do "BBB14", não chama atenção apenas pelo porte físico de fisiculturista. Engajada na causa dos animais, tendo participado da ação que retirou beagles do Instituto Royal em outubro, ela é vegetariana e se diz incapaz de se relacionar com quem tem atitudes contrárias àquilo que acredita.

"Uma coisa que ela sempre me disse foi: 'Eu posso me apaixonar por um homem, mas se ele comer um X-Bacon, já não quero mais'", contou a amiga Thais Ribeiro, que cuida das redes sociais da sister, em entrevista ao UOL.
 
Amigas há mais de sete anos, Thais confia no bom desempenho de Vanessa no programa por conta de sua personalidade e seu condicionamento físico. "Ela é uma pessoa incrível, o coração mais puro que já conheci. Ela estava treinando bastante para participar das competições de fisiculturismo, então ela acordava sempre muito cedo para fazer seu aeróbico em jejum, seguido de refeições balanceadas". Segundo a amiga, Vanessa passa mais de 2 horas por dia na academia e, no resto do tempo, se dedica aos animais – tem sete cachorros e quatro gatos em casa, sem contar os que ajuda a resgatar e cuidar antes de serem adotados.
 
A amiga que trabalha como promotora e recepcionista de eventos afirma que, solteira, Vanessa pode se relacionar com alguém na casa – desde que não coma bacon, claro. E tem até um palpite: "Acredito que ela e o Diego vão ter muito o que conversar". Apesar do coração grande, a modelo não suporta bagunça: "Cabelo no chão é o fim para ela", conta Thais.
 
Outra amiga responsável pelos perfis de Vanessa na internet, Emily Constantine lembra que a modelo "ficou chocada" quando soube das suspeitas de maus tratos aos animais no Instituto Royal, em São Roque, interior de São Paulo. "Quando ela soube o que estava acontecendo, ela não pensou duas vezes antes e topou ir para lá. Lembro que ela saiu no meio da noite para ir ajudar no resgate".
 
Vanessa faz parte da ONG Patinhas, que fica no bairro de Butantã, em São Paulo. Uma vez por mês, a ONG chama pessoas para um mutirão de cuidados com os cães do abrigo e adoção. Foi lá que Alyanne Tamires, de 19 anos, conheceu a sister. "Ela faz coisas que é impossível descrever. Uma vez ela postou no Facebook algo como 'minha mãe fala que quando eu ando na rua, tenho que fechar meus olhos', pois toda vez que ela via algum animal abandonado já queria cuidar, pedia ajuda, corria atrás, gastava dinheiro", lembra.
 
Para a prima Andressa Baldavia, Vanessa não usará o discurso de ativista para se beneficiar dentro da casa. "Ela nunca usaria isso para ganhar o prêmio. Ela ajuda os animais pelo fato de amar demais eles desde pequena. Mas, se ganhar o prêmio, tenho certeza que ela iria ajudar todos os animais que pudesse".
 

Últimas de BBB14

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos