Atriz Edie Falco está "devastada" pela morte de James Gandolfini

A atriz Edie Falco, que interpretou a mulher do mafioso depressivo Tony Soprano na série "A Família Soprano", se declarou devastada com a morte inesperada de seu colega de elenco, James Gandolfini, de 51 anos.

"Estou impactada e devastada com a morte do Jim. Era um homem extremamente profundo e sensível, de uma amabilidade e generosidade além das palavras", escreveu Falco em um comunicado horas depois que do anúncio da morte do ator em Roma.

Fãs lamentam morte do ator

"Eu me considero afortunada por ter passado uma década como sua colega. Meu coração está com sua família. O amor entre Tony e Carmela era um dos maiores que já conheci", prosseguiu a atriz, referindo-se a sua personagem na série.

Gandolfini morreu na quarta-feira (19) vítima de um infarto, quando se encontrava de férias em Roma.

Michael, 13, filho do ator James Gandolfini, teria encontrado o pai vivo no banheiro do hotel onde eles estavam hospedados em Roma, na Itália, e depois de vê-lo em perigo, supostamente logo depois do ataque cardíaco, o adolescente pediu ajuda. As informações são da revista "People"

"A causa da morte do ator foi uma parada cardíaca, mas a causa dessa parada ainda é desconhecida", explicou uma das fontes médicas. Pode ter sido uma parada cardíaca súbita, um problema do ritmo cardíaco, ou resultado de um trauma. Os homens com mais de 45 anos de idade têm um risco maior de ataques cardíacos. Os homens, em geral, têm até três vezes mais chances de terem uma parada cardíaca súbita do que as mulheres.

Funcionários do hotel também tentaram ressuscitar Gandolfini, enquanto esperavam a equipe de emergência. O ator ainda estava vivo quando a ambulância chegou ao hospital, mas logo depois saiu a notícia da morte. O local estava a três minutos de distância do hotel. As informações são da NBC.

Gandolfini estava em férias na cidade de Roma com a família. De acordo com o site TMZ, Gandolfini visitaria a Sicília por conta da realização do 59º Festival de Cinema de Taormina. A presença do ator estava confirmada para uma aula magna ao lado do diretor Gabriele Muccino no próximo fim de semana.

O corpo do ator vai passar por uma necropsia, como é comum quando a pessoa já chega sem vida ao hospital, explicou Claudio Modini do setor de emergência do Hospital Umberto I, em Roma.

A embaixada está disponível para fornecer uma certidão de óbito e ajudar a preparar o corpo para o retorno aos Estados Unidos. A embaixada disse que muitas vezes pode levar entre quatro e sete dias para providenciar a transferência do corpo.

Repercussão

Após a divulgação da morte, as homenagens começaram a se espalhar pelas redes sociais, como a da atriz Susan Sarandon, que postou no Twitter: "muito triste perder James Gandolfini. Um dos atores mais doces, engraçados e generosos, com os quais eu já trabalhei. Envio minhas orações para sua família".

"Estou de coração realmente partido por saber que James Gandolfini morreu. Ele é um dos meus atores favoritos de todos os tempos, trágica perda", escreveu Jonah Hill também no Twitter, enquanto o ator Steve Carrell qualificou a notícia de "inacreditavelmente triste".

"Eu admiro Jimmy como um ator feroz, uma alma gentil e um homem genuinamente engraçado. Tenho sorte de ter sentado do outro lado da mesa dele e estou destruído por essa perda. Desejo força para família e paz", lamentou o ator Brad Pitt via comunicado ao site The Hollywood Reporter.

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos