Giovanna Antonelli adere à dieta detox indicada por Gloria Maria antes de atuar em "Salve Jorge"

Claudia Dias
Do UOL, no Rio

Para compor sua próxima personagem, a delegada Heloísa de "Salve Jorge", Giovanna Antonelli, 36, acompanhou a rotina de uma delegacia, conheceu as atribuições de várias delegadas e passou por um processo de desintoxicação, indicado pela jornalista Gloria Maria.

A preparação para o papel de uma mulher que mantém a vaidade tanto quanto manda prender bandidos envolveu também a colocação de um megahair e o clareamento dos fios. Nada foi sacrifício para a atriz, já acostumada a tantas mudanças de visual para cada novela em que atua: "Eu gosto de mudar".

Na novela que irá substituir "Avenida Brasil" no horário das nove a partir do dia 22, Heloísa (Giovanna) aparecerá divorciada de Stênio, personagem de Alexandre Nero, um advogado que liberta quem a ex-mulher batalhou muito para prender.  O ex-casal também discorda sobre a criação da filha Drika (Mariana Rios), em brigas marcadas pela ironia. "Eles têm uma relação de gato e rato, mas não chega a ser cômico", adiantou Giovanna, no lançamento da novela. Leia a entrevista completa com a atriz a seguir:

UOL: Sua personagem é engraçada?
G.A.: Não diria. Em relação ao personagem do Nero, eles têm um jogo de gato e rato. Mas não chega a ser cômico, eles foram casados por anos.

Divulgação/TV Globo
Eles têm um jogo de gato e rato

sobre o ex-casal que forma com o personagem de Alexandre Nero

A comédia é um gênero que te interessa?
Eu acho bacana fazer comédia, mas gosto de fazer tudo. Sou louca para fazer uma vilã de novo, já fiz mocinhas românticas. A gente vai dançando conforme a música. Mas todo mundo sabe que eu adoraria fazer uma vilã novamente.

E essas mudanças no visual?
Nós juntamos todos, a Marlene Moura, que está fazendo o conceito da novela. Quem deu a ideia de fazer esse cabelo foi o Ton Reis e a Branca fez a cor. É bacana mudar. Eu gosto de mudar. Ainda mais que eu saí do ar em abril, estou voltando em outubro. Então, é legal mudar geral.

E você está mais magra. Fez alguma dieta?
Fiz uma dieta detox, que é uma desintoxicação, tem a proposta de uma limpeza. Não passei fome nenhuma. pelo contrário, a dieta saudável é aquela que a gente come de três em três horas. É o que a gente faz errado. Até estou fazendo de novo agora. Me joguei tanto na pizza, que estou fazendo essa semaninha de novo. A base do detox dessa pessoa que fez para mim é alimentação crua e fibras.

Como funciona essa dieta de desintoxicação?
Alimentação crua e fibras: linhaça, como panqueca de linhaça, quinua, sem açúcar, sem sal, baixo carboidrato, sem proteína e sem lactose. Esse é o princípio do detox. Mas, é bom, eu juro. Eu fiz um mês e, em uma semana, eu perdi 3 kg. Você come de tudo, desde que sejam fibras e crus. Quem me indicou essa dieta foi a Glória Maria, que sabe tudo de dieta. Eu adorei. Foi bom conhecer uma dieta diferente.

E normalmente, como você se alimenta?
Eu me alimento muito bem de segunda a sexta. E de sexta a noite a domingo, me libero. Como uma pizza com as crianças em casa, saio para jantar, tomar um vinho, um chopinho. Vida normal, né? Agora, de segunda a sexta, sou super natureba. À noite substituo o jantar por um 'pratão' de frutas ou peito de peru com queijo minas. É tudo o que eu posso fazer. Tenho o meu sítio, então trago as minhas frutas, verduras e legumes. Vou me habituando.

Também está treinando?
Está difícil conciliar com a novela, mas eu quero muito voltar a malhar. Ainda não tomei gosto pela malhação. É por obrigação. Eu dou as minhas corridas na areia, que dá uma distraída boa, e musculação: bracinho, perninha....

Como você adquiriu conhecimento sobre sua personagem?
Fui a delegacias, conversei com várias delegadas. E tem o material fornecido pela Globo, pela produção no workshop. Não aprendi a atirar, porque não tem cenas de ação, pelo menos até onde eu li. Eu também passei o dia em uma delegacia e vi como é o funcionamento do local.

Como são essas delegadas com quem você teve contato?
Convivi com mulheres super normais, mães: solteiras, casadas, donas de casa. Com as mesmas preocupações que temos também. E vai ser bom trazer este lado humano, daquela mulher delegada que delega poderes, que é respeitada pelos homens. Como é chegar em uma delegacia que só tem homens e mandar em todo mundo. E todas disseram que depende da forma que você chega. Tem que chegar se impondo, mas, ao mesmo tempo, respeitando as pessoas.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos