UOL Entretenimento Televisão

06/01/2010 - 05h50

Bruno Perillo admite estar "viciado" em culinária por causa de seu personagem em "Viver a Vida"

PopTevê
O "chef" Bernardo, de "Viver a Vida" tem deixado Bruno Perillo com água na boca. Especialmente com a boa repercussão que está tendo seu personagem, quase 15 anos mais velho que a namorada Clarice, vivida por Cecília Dassi.
  • Luiza Dantas/CZN

    Bruno Perillo é o chef Bernardo, dono do restaurante Gengibre na trama de "Viver a Vida"

É a primeira vez que o ator de 39 anos, que já atuou no cinema e no teatro, experimenta o assédio do grande público. "A televisão tem um alcance que o teatro não tem. Essa visibilidade é muito boa, porque isso vai lapidando o meu trabalho", analisa Bruno, que ao contrário do que muita gente pensa, não é novidade na TV.

Em "Belíssima", ele viveu o perigoso Rogério, dono de uma falsa agência de modelos que traficava meninas para o exterior. Os poucos trabalhos em novelas, segundo ele, não foi por falta de convite. "Depois de atuar na trama de Silvio de Abreu tive outras oportunidades na televisão, mas sempre estava em cartaz com alguma peça", explica ele, que recentemente filmou o longa "Salve Geral", candidato brasileiro ao Oscar na categoria Melhor Filme Estrangeiro.

Mesmo dedicado à carreira de ator, Bruno não deixou de lado uma de suas paixões: a música. "Toco piano e violão desde criança, sempre achei que seria músico em vez de ator", conta ele, que se diz sortudo por conseguir aliar as duas profissões.

Além de atuar, o artista já trabalhou como diretor e produtor musical de peças de teatro. Mas suas habilidades não param por aí. Para viver o dono do restaurante Gengibre, na trama de Manoel Carlos, o ator teve de aprender sobre gastronomia. "Aprendi a usar os instrumentos da cozinha, a cortar legumes e até a decorar pratos. Estou começando a usar em casa. Isso vicia", revela, aos risos.

Além das aulas de culinária, Bruno fez um workshop com a instrutora de dramaturgia Rossela Terranova, para contracenar com Cecília Dassi e dar mais naturalidade ao romance do casal.

Nome: Bruno de Abreu Perillo.
Nascimento: 29 de novembro de 1970, em São Paulo.
Na TV: "Esportes, filmes e programas de entrevistas".
Ao que não assiste na TV: "'Pegadinhas' e 'câmera escondida'".
Nas horas livres: "Jogar futebol e ir ao cinema e teatro".
No cinema: "A Época da Inocência", de Martin Scorsese.
Música: "Gosto de MPB".
Livro: "A Paixão Segundo G.H.", de Clarice Lispector.
Prato predileto: "Lasanha feita com massa de espinafre".
Pior presente: "Uma caixa de lenços".
O melhor do guarda-roupa: "Camisetas básicas".
Perfume: "Não uso perfume".
Mulher bonita: Jennifer Connelly.
Homem bonito: Johnny Depp.
Cantor: Lenine.
Cantora: Gal Costa.
Ator: Zécarlos Machado.
Atriz: Denise Weinberg.
Animal de estimação: "Não tenho, mas gostaria de ter um cachorro".
Escritor: Machado de Assis.
Arma de sedução: "Meu olhar".
Programa de índio: "Sair para balada".
Melhor viagem: "Para Londres na Inglaterra, em 2003".
Sinônimo de elegância: Chico Buarque.
Melhor notícia: "O nascimento da minha filha, Beatriz".
Inveja: "De quem consegue acordar cedo todos os dias para aproveitar a manhã".
Ira: "Com a miséria".
Gula: "Sorvete e chocolate".
Cobiça: "Um avião particular".
Luxúria: "Lábios à la Scarlett Johansson".
Preguiça: "De malhar".
Vaidade: "Tenho vaidade com a minha pele. Gostaria de poder pegar mais sol, para ficar bronzeado".
Mania: "A internet é meu vício".
Filosofia de vida: "Acredito na compreensão de quem você é. Na sua luta diária de se descobrir e se aceitar, podendo se transformar".

(Por Natalia Palmeira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host