UOL Entretenimento Televisão
 
10/07/2002 - 21h37

"Esperança": Nina salva a vida de José Manoel na revolução

Da Redação

Reprodução TV

Veja as fotos do capítulo

No capítulo desta quarta-feira (10), segue o combate entre as tropas paulistas e as de Getúlio Vargas até terminar a Revolução Constitucionalista de 32.

Camille (Ana Paula Arósio) fica tentada a abrir a carta que chegou da mãe de Toni (Reynaldo Gianecchini), mas Tzipora (Eliana Guttman) a convence do contrário. Camille não consegue disfarçar a alegria com a notícia de que Maria (Priscila Fantin) se casou com Martino (José Mayer) e teve um filho com ele.

Beatriz (Miriam Freeland) e Francisca (Lúcia Veríssimo) se preocupam porque as tropas paulistas estão cercadas. As cenas do combate receberam tratamento para parecerem antigas, um trabalho muito bem feito. José Manoel (Nuno Lopes) é atingido em combate. Nina (Maria Fernanda Cândido) o socorre no hospital, e o médico avisa que o caso é muito grave. Mariusa (Regina Maria Dourado) e Isabela se preocupam com a falta de notícia dos rapazes.

José Manoel acorda e se impressiona com a beleza de Nina. Acha que foi para o céu e está vendo um anjo. Mesmo ferido, começa a galantear a moça.

Caterina (Simone Spoladore) conta para Beatriz que está esperando um filho de Maurício (Ranieri Gonzalez), e os pais não podem saber de nada. Se Maurício morrer, Caterina diz que foge de casa para seu pai não afogar o filho quando nascer.

Maurício e Marcos (Chico Carvalho) dão de cara com soldados legalistas. Pellegrini (Gianfrancesco Guarnieri), alegre, chega para avisar Agostino (Cláudio Correa e Castro) que a revolução acabou. Toni percebe que houve armação em seu casamento.

Mais notícias sobre "Esperança"

Hospedagem: UOL Host