UOL Entretenimento Televisão
 

Capítulo do dia

28/05/2010

Pepa flagra Serafina de vestido novo e peruca

Serafina se esconde de Nara no quarto de Roberta. Claude fala para Nara que ele e Frazão estavam conversando sobre cinema com Roberta e Alabá. Mr. Smith chega no hotel exausto, com uma pilha de livros de etiqueta e boas maneiras. Mrs. Smith planeja fazer uma surpresa para Rosa, na casa de Claude. A empregada de Roberta pergunta sobre a outra moça que estava na casa. Roberta dá a desculpa de que trata-se da Dádi. Nara pede para ver o quarto de Roberta. Alabá entra no corredor e indica que é a segunda porta, Serafina ouve e se esconde. Alabá distrai Nara e Serafina foge do quarto. Frazão lembra da briga de botequim, entre Serafina e um malandro, e ressalta que Nara sofreria num atrito com a ex-secretária. Dádi leva Serafina, de aparência nova, para casa. Alabá esconde o vestido simples de Serafina para Nara não ver. Catarina avisa Amália para aconselhar Serafina a ficar de olho em Claude e não perdê-lo para outro. Amália não acredita no que ouve. Nara revira todos os vestidos de Roberta, mas não acha a roupa de Serafina, que viu de relance em cima da cama, quando entrou no quarto. Pepa arrebenta o cadeado do baú do barão. Pimpinoni e Joãozinho acham um livro velho, escrito com caligrafia de pena. Sergio pergunta sobre Rose. Alabá responde que ela teve algo muito importante para resolver. Nara fala para Roberta que Serafina vai cometer tantas gafes que vai espantar os americanos. Sergio repreende Roberta e diz que ela não pode se divertir com a incapacidade dos outros. Sergio lamenta que ela julgue as pessoas pela aparência. Pimpinoni acha uma ampulheta, uma luneta, um rei de ouros de um baralho e um espelho antigo. Pimpinoni imagina que o barão era solitário e amargo, e tinha uma mulher vaidosa. Pepa tira do baú moedas antigas. Joãozinho pede para ficar com os objetos e o livro. Dádi deixa Serafina no cortiço. Pepa flagra Serafina de vestido novo e peruca. Afrânio alerta que Serafina deve entrar logo em casa, para o povo do cortiço não falar mal dela. Pepa comenta que gente de família não se veste daquele jeito. Joana elogia a aparência de Serafina. Joana ressalta a Serafina que não quer que Roberta descubra que deixou os palcos, virou costureira e mora num cortiço. Catarina pede para Serafina ouvir o que Amália tem a dizer. Pepa diz a Afrânio que hoje em dia ninguém tem vergonha na casa. Serafina se irrita e entra no casarão. Pimpinoni lembra Joana que tudo que Roberta sabe sobre moda e etiqueta aprendeu com a costureira e ex-atriz. Pimpinoni relembra Joana que Roberta era mais nova e tenta imitar a amiga da época, Suzana Goulart. Pimpinoni teme que Roberta e Claude estraguem Serafina. Serafina se prepara para entrar na sala e pensa: “Seja o que Deus quiser”. Apreensiva, Serafina se benze, para enfrentar a reação da família.

Hospedagem: UOL Host