UOL Entretenimento Televisão
 
10/09/2011 - 08h00

Roberta Santiago conta que sua personagem Raquel, de "Rebelde", tem a missão reconquistar Lupi

Do Pop Tevê
  • Raquel, de Roberta Santiago em Rebelde, teve justamente a missão de atrapalhar o relacionamento de Lupi e Becky

    Raquel, de Roberta Santiago em "Rebelde", teve justamente a missão de atrapalhar o relacionamento de Lupi e Becky

Muitos autores usam novos personagens em suas novelas como recurso para criar intrigas e reviravoltas nas tramas. A entrada de Raquel, de Roberta Santiago em "Rebelde", teve justamente a missão de atrapalhar o relacionamento de Lupi e Becky, de Rocco Pitanga e Lana Rodes. "A Raquel foi noiva do Lupi, mas o traiu com o melhor amigo dele. Agora, ela volta para reconquistá-lo", explica. No folhetim, a personagem é uma psiquiatra especializada em distúrbios alimentares que vai trabalhar no colégio Elite Way, para tentar ajudar alguns personagens que enfrentam problemas como anorexia, bulimia e obesidade. "Tratando desses assuntos na trama, ela informa quem assiste a novela",  opina a atriz, que se diverte com as contradições de seu papel. "A Raquel é muito profissional, mas na vida pessoal é muito louca. É uma psiquiatra que precisa de um psiquiatra", brinca.

A Raquel foi noiva do Lupi, mas o traiu com o melhor amigo dele. Agora, ela volta para reconquistá-lo"

Roberta Santiago sobre sua personagem

Depois de fazer "Vidas Opostas" e "Chamas da Vida" na Record, Roberta comemora a renovação de seu contrato por mais quatro anos. Além de representar uma nova fase da bela na emissora, sua atual personagem é um grande estímulo profissional. "Quebrar esse estereótipo de que negro só pode fazer bandido ou empregada é uma oportunidade maravilhosa", orgulha-se a atriz, que admira o trabalho de atores negros experientes, como Zezé Motta e Milton Gonçalves. "Eles quebraram muitas pedras no caminho para hoje eu poder fazer uma psiquiatra", avalia. Roberta, que teve o grupo de teatro "Nós do Morro" como escola de interpretação, estreou na tevê na série "Cidade de Deus", na Globo. Paralelamente à carreira de atriz, ela também é cantora na banda "Melanina Carioca", junto com atores como Roberta Rodrigues e Jonathan Haagensen. A parceria tem rendido frutos. O grupo faz shows em vários "points" do Rio de Janeiro, viaja para outras cidades brasileiras e tem até fã-clube. "Quando não se tem oportunidade, se cria oportunidade. É isso o que está acontecendo", resume.

Nome: Roberta Santiago Lacerda Mattos.
Nascimento: Em 22 de novembro de 1980, Minas Gerais.
Na tevê: Noticiário. "A gente precisa se informar".
Nas horas livres: "Ler, escutar música e ir à praia. Gosto das coisas boas da vida".  
No cinema: "Voltei à infância assistindo ao ´Lanterna Verde", de Martin Campbell.
Livro: "Ninguém é de Ninguém", de Zibia Gasparetto. "Me mostrou muitas coisas sobre a vida".
Música: MPB.
Prato predileto: Picanha.
Pior presente: "Em um amigo-oculto recebi um perfume fedido".
O melhor do guarda-roupa: Casacos.
Mulher bonita: Adriane Galisteu.  
Homem bonito: "Micael Borges é um espetáculo, né?".
Cantor: Lenine.
Cantora: Mart’nália.
Ator: Tony Ramos.
Atriz: Glória Pires.
Perfume: Dolce & Gabbana.
Escritor: Joel Zito de Araújo, autor do livro e documentário "A Negação do Brasil".
Arma de sedução: "Através do olhar a gente fala tudo".
Programa de índio: Acampar. "Já tentei e só me dei mal".
Melhor viagem: Argentina e Bahia no carnaval.
Sinônimo de elegância: "Vestir-se bem sem se importar tanto com a moda".
Melhor Notícia: "Renovar meu contrato na Record".
Gula: Feijoada.
Inveja: "De quem toca piano bem. Ainda estou aprendendo".  
Ira: Qualquer tipo de violência.
Luxúria: "Meu namorado lutando jiu-jítsu".
Cobiça: "Ser uma grande atriz reconhecida pelo meu talento".
Preguiça: Passar roupa.
Vaidade: "Estar maquiada sempre que eu posso".
Mania: Beijar.  
Filosofia de vida: "Ser quem eu sou em qualquer situação".

 

(ANA PAULA HINZ)

 

Veja também

Carregando...
Hospedagem: UOL Host