Na TV, Aécio promete "tolerância zero" com inflação

  • UESLEI MARCELINO

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, prometeu nesta quinta-feira em seu programa no horário eleitoral obrigatório "tolerância zero" com a inflação e classificou a corrupção de "inaceitável".

O tucano repetiu boa parte de sue programa de estreia na TV, em que aparece discursando e criticando principalmente a atual situação econômica do país.

O programa do PSDB também contou a história política de Aécio, desde os tempos em que acompanhava o avô Tancredo Neves, até sua passagem como presidente da Câmara dos Deputados e duas vezes como governador de Minas.

De acordo com o programa, Aécio assumiu Minas em 2003 em meio a uma grave crise financeira e, após tomar medidas como redução de gastos, de secretárias e do próprio salário, Minas voltou a crescer.

O programa do partido se encerrou com um "pinga-fogo", uma série de perguntas curtas respondidas com uma só palavra, em que Aécio prometeu tolerância zero com a inflação.

Ele também disse que cortará os atuais 39 ministérios pela metade e garantiu que, se eleito, enfrentará a questão da segurança pública.

 

(Reportagem de Eduardo Simões)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos