Cresce nos EUA opção por horários alternativos na TV


LOS ANGELES - O número de americanos que assistem a seus programas de TV em horários diferentes da programação usual mais que dobrou nos últimos 12 meses, e hoje mais de 40 por cento deles planejam gravar seus programas favoritos e vê-los mais tarde, revelou uma pesquisa divulgada na terça-feira (17).

Mais de dois terços dos espectadores já assistiram aos seriados do horário nobre através de vídeos, gravadores digitais e Internet, constatou a pesquisa feita para a Comcast, operadora nº 1 de TV a cabo dos Estados Unidos. Dos entrevistados, 61 por cento disseram que estão usando essas tecnologias mais do que usavam um ano atrás.

Os resultados da pesquisa ressaltam o crescimento do hábito de assistir a programas de TV em plataformas múltiplas, algo que vem motivando uma busca conjunta de emissoras e anunciantes por novas maneiras de medir a audiência.

"Isso está mudando a maneira como as pessoas assistem à TV", disse Diana Kerekes, vice-presidente de serviços de entretenimento da Comcast.

A pesquisa constatou que 80 por cento dos entrevistados pretendem assistir ao vivo à temporada 2010/11 de televisão, que começa em setembro. Mas 41 por cento pretendem utilizar DVRs para gravar programas e vê-los mais tarde, enquanto 17 por cento assistirão aos programas online e 16 por cento vão recorrer aos serviços sob demanda oferecidos pelas empresas de TV a cabo e via satélite.

A pesquisa foi feita com mil pessoas pela International Communications Research, para a Comcast.

(Reportagem de Jill Serjeant)

UOL Cursos Online

Todos os cursos