França quer lançar canal de TV em estilo CNN no final de 2004

PARIS (Reuters) - A França pediu às TVs estatais francesas e à emissora privada TF1 que trabalhem em conjunto sobre os planos para a criação de um canal internacional de jornalismo em francês a ser inaugurado no final de 2004.

O gabinete do primeiro-ministro, Jean-Pierre Raffarin, anunciou na segunda-feira que concedeu às empresas de TV a autorização para que determinem pautas para o canal, que terá por objetivo oferecer uma visão alternativa dos acontecimentos mundiais.

"Contando com o apoio dos ativos das principais companhias de TV estatais e privadas do país, esse canal vai promover a visão francesa que se faz mais necessária do que nunca no mundo de hoje", disse o gabinete do premiê em comunicado à imprensa.

Idealizado originalmente pelo presidente Jacques Chirac, o canal deve chegar às residências, aos hotéis e às redações de imprensa, como fazem a TV norte-americana CNN, a britânica BBC World e, mais recentemente, a TV Al Jazeera, do Catar, em língua árabe.

Representantes do governo francês disseram que o alto custo projetado da emissora será compensado pelo ganho em termos de influência mundial, num momento em que a França busca exercer o papel de voz alternativa aos Estados Unidos no tocante aos assuntos mundiais.

Chirac liderou a oposição à guerra liderada pelos EUA no Iraque e, em discurso proferido diante da Assembléia Geral da ONU em Nova York, na semana passada, criticou o presidente Bush pela política norte-americana do pós-guerra nesse país do Golfo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos