Famoso ator e apresentador de TV é assassinado no Paraguai

ASSUNÇÃO (Reuters) - Um popular apresentador de programas de rádio e televisão do Paraguai, o ator Luis Ríos, foi morto a tiros na noite de quarta-feira em Assunção.

O corpo de Ríos, de 36 anos, foi encontrado na agência de um banco que está sob intervenção e estava fechada para o público desde o ano passado. Ele estava amarrado e com vários tiros, de acordo com a investigadora do caso, Victoria Acuña.

A polícia deteve dois seguranças da agência e a mulher de um deles, que também estava no local do crime.

"Essas três pessoas foram indiciadas como supostos autores", disse Acuña.

Familiares e amigos de Ríos, que era considerado uma espécie de "rei da fofoca" no Paraguai, se reuniram na noite de quarta-feira no local onde o corpo foi encontrado, assim como dezenas de curiosos.

Em um comunicado, o Sindicato dos Jornalistas do Paraguai expressou "consternação e repúdio pelo traiçoeiro assassinato de um trabalhador de imprensa" e exigiu "o completo esclarecimento do caso, com uma investigação em profundidade de todas as hipóteses que derivem do caso".

Ríos ficou famoso como apresentador de programas de rádio e televisão sobre notícias de personagens de novela e do mundo do espetáculo, mas era também um talentoso ator de teatro.

UOL Cursos Online

Todos os cursos