Mulher de Schwarzenegger pede licença da NBC para fazer campanha

Por Andrew Grossman

NOVA YORK (Hollywood Reporter) - Com seu marido Arnold Schwarzenegger adentrando a complicada arena política da Califórnia, Maria Shriver decidiu tirar licença de seu emprego na NBC News durante a campanha para as eleições pelo governo do Estado, em 7 de outubro.

Uma porta-voz da emissora disse que Shriver pediu licença para evitar conflitos de interesse em aparições na TV como correspondente e âncora do programa "Dateline" e sua posição de mulher de candidato.

A porta-voz disse que é cedo demais para dizer o que Shriver fará caso Schwarzenegger vença as eleições.

A aparição mais recente de Shriver em "Dateline" foi em 17 junho, em uma reportagem sobre um processo contra os fabricantes de Botox.

Shriver, que faz parte do clã Kennedy, entrou para a NBC em 1986 e trabalha como âncora e correspondente em vários programas da emissora.

Schwarzenegger surpreendeu os observadores e políticos na quarta-feira ao anunciar sua candidatura pelo Partido Republicano no programa de entrevistas "The Tonight Show With Jay Leno".

A entrada do ator na disputa aumentou o interesse nacional no processo para reduzir o mandato do atual governador, o democrata Grey Davis.

Antes de começar a trabalhar na NBC News, Shriver passou um período na CBS News, como âncora do "CBS Morning News" e repórter em Los Angeles.

Ela começou sua carreira jornalística como produtora e redatora da KYW-TV, na Filadélfia, no final dos anos 70.

UOL Cursos Online

Todos os cursos