Junior é a celebridade mais requisitada do 1º dia do SPFW

SÃO PAULO (Reuters) - Estreando na platéia do São Paulo Fashion Week na segunda-feira, o cantor Junior e seu pai Xororó causaram alvoroço entre convidados, jornalistas e fotógrafos no desfile do estilista Ricardo Almeida.

Vestindo calça jeans, camiseta branca e casaco de lã marrom, Junior contou que ele e a irmã estão na última semana de filmagem de seu longa-metragem de estréia, "Aquária", que deve chegar aos cinemas em dezembro. Para complementar o lançamento, um CD está sendo planejado para novembro, do qual ao menos três músicas estarão na trilha sonora do filme.

"Estou cansado, tive que sair do estúdio correndo para vir para cá, mas quis aproveitar a oportunidade de ver um desfile", disse ele a repórteres, acrescentando que, no dia-a-dia, gosta de escolher suas próprias roupas e de se vestir mais esportivo.

Já Xororó, que está produzindo o disco dos filhos, afirmou que um novo álbum seu com o parceiro Chitãozinho só deverá ser lançado em 2004. "Já estamos trabalhando no repertório", afirmou o cantor, que vestia calça e jaqueta jeans.

PRIMEIRA FILA

No desfile da Ellus, a apresentadora Regina Casé foi quem mais chamou a atenção dos fotógrafos. Vestindo sapato de salto vermelho, calça preta, uma parca acetinada em vermelho e preto e uma bolsa de penas vermelhas, ela posou diversas vezes ao lado do amigo Luis Fernando Guimarães.

Já a apresentação da Cia. Marítima foi um encontro de VJs e ex-VJs da MTV. Didi Wagner, Cazé e Marcos Mion aproveitaram o encontro para colocar a fofoca em dia. Mas foi o ator Fábio Assunção quem monopolizou os holofotes, enquanto o cantor Supla entrou e saiu sem causar muito frisson.

O jogador Roberto Carlos, do Real Madrid, está de férias, mas no desfile de Ricardo Almeida distribuiu autógrafos como se estivesse no estádio. "Eu gosto, não me incomodo, não", disse ele.

GRAVE O SEU CD

O lounge da Coca-Cola na Bienal está atraindo principalmente os adolescentes. Nos três computadores equipados com software de mixagem, os convidados do SPFW podem criar sua própria música a partir de samplers e ainda levar para casa seu próprio CD.

LEMBRANCINHA

O desfile de Ronaldo Fraga, que inspirou sua coleção no artesanato do Vale do Jequitinhonha, teve 3.000 margaridas de cerâmica espalhadas ao redor da passarela de barro. No final da apresentação os convidados puderam levar as flores e ficaram felizes com o souvenir.

"Ah, vão ficar lindas na minha casa. Tenho um vaso artificial e vou colocá-las perto dele, para combinar na sala", disse Enrica Vieira, que estava pela primeira vez assistindo a um desfile do SPFW.

PASSAR ROUPA É DIVERTIDO

A instalação que mais atrai o público do SPFW vem colocando o pessoal para passar roupa. Em frente a uma parede de espelhos, várias tábuas vermelhas com ferros de verdade (desligados, claro) exibem panos brancos com mensagens de estilistas, celebridades e modelos, como a top Gisele Bundchen. Sem controlar a tentação, várias pessoas resolvem dar uma passadinha de ferro nas mensagens.

MEDO DE PASSARELA

O modelo fotográfico e cantor Mário Velloso, também presente na concorrida apresentação de Ricardo Almeida, não consegue enfrentar um desfile. "Posso encarar um milhão de pessoas em cima de um palco, mas não a passarela", disse o ex-"Casa dos Artistas". "Tenho muita vergonha", completou, dizendo que já foi várias vezes convidado, mas teve que recusar.

TUDO EM FAMÍLIA

O desfile da grife Carlota Joakina teve um clima familiar. Além de apresentar sua coleção com a presença dos pais, os também estilistas Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, o jovem Pedro Lourenço, de 12 anos, levou os amigos de escola para assistir ao seu desfile.

"Ele é muito engraçado, muito legal", disseram duas de suas colegas, Camila Garreta e Victória Bartilotti, ambas com 12 anos.

Para completar, a modelo Yasmim Brunet desfilou um dos looks sob o olhar da mamãe Luíza, que estava na platéia.

UOL Cursos Online

Todos os cursos