Professora atacada por falso alienígena processa "pegadinha"

LOS ANGELES (Reuters) - Uma professora de Los Angeles está processando um programa de "pegadinhas" depois de ter entrado em pânico quando achou que seria atacada por um alienígena.

Kara Blanc, que também é aspirante a atriz, foi convidada por dois atores para ir a uma festa em Hollywood. No caminho, ela foi perseguida por um outro ator fantasiado de mostro, e tudo isto foi gravado por uma câmera escondida do novo programa "Scare Tactics" (Táticas de Susto), do Sci-Fi Channel.

Ela afirma ter sofrido graves danos emocionais e está movendo uma ação judicial contra o Sci-Fi Channel e dois atores, segundo documentos judiciais divulgados na terça-feira.

No processo, Blanc diz que o susto foi tão grande que ela precisou ser hospitalizada diversas vezes por "ferimentos" e "grave aflição emocional".

Segundo a ação, Blanc caiu na "pegadinha" do "Scare Tactic" em 1o. de março do ano passado, quando os atores Mathew Mertha e Travis Draft a convidaram para "uma festa exclusiva da indústria de Hollywood em um resort no deserto", perto de Los Angeles.

No caminho do resort, o carro em que os três viajavam entrou em uma estrada remota no deserto e Mertha e Draft "fingiram que estavam sendo seriamente feridos...ou mortos" por "um alienígena fantasiado", afirma o texto do processo.

Mertha e Draft supostamente disseram para a professora correr para escapar do ataque, ainda segundo o texto, enquanto câmeras escondidas gravavam tudo.

Blanc e seu advogado não foram encontrados para comentar o assunto. A porta-voz do Sci-Fi Channel, Kat Stein, não quis comentar o caso, mas afirmou que o propósito do programa era filmar "amigos pregando peças em seus amigos".

UOL Cursos Online

Todos os cursos