Episódio de "CSI: Miami" com franco-atirador é adiado nos EUA

LOS ANGELES (Reuters) - A CBS suspendeu por tempo indeterminado um episódio de seu drama policial "CSI: Miami" que lidava com uma série de incidentes envolvendo um franco-atirador, devido aos ataques na área de Washington, disse a emissora na quinta-feira.

Um porta-voz da rede disse que o episódio havia sido filmado, mas ainda não se sabe quando irá ao ar. Ele afirmou que, se os ataques reais do atirador nunca tivessem ocorrido, o capítulo seria exibido ainda este ano.

A série mostraria um franco-atirador que mata pessoas a esmo disparando de um prédio em Miami.

O "CSI: Miami" é um grande sucesso da CBS nesta temporada. De acordo com a Nielsen Media Research, o "CSI: Miami" está em quinto lugar entre os seriados em geral, e em terceiro entre os dramas.

Não é o primeiro adiamento causado pelos incidentes de Washington. O estúdio 20th Century Fox suspendeu a estréia de seu suspense sobre um franco-atirador, "Phone Booth", que deveria ocorrer em 15 de novembro.

O filme tem como protagonista o astro irlandês Colin Farrell no papel de um homem que atende um telefone público e se torna vítima de um maníaco, interpretado por Kiefer Sutherland, que ameaça matá-lo a tiros se ele desligar o telefone.

Ainda não foi marcada uma nova data de lançamento.


UOL Cursos Online

Todos os cursos