Palhaço Bozo quer volta triunfal como VJ da MTV em 2003

Por Fernanda Ezabella

SÃO PAULO (Reuters) - Alô criançada o Bozo voltou, trazendo alegria e videoclips para você e o vovô. O mitológico palhaço da TV nos anos 1980, encarnado, entre outros, por Arlindo Barreto, levou esta semana seu projeto "As Crianças Invadem a MTV" para o canal de televisão e espera conseguir levar o programa ao ar em julho do ano que vem.

O diretor de programação da MTV, Zico Gões, confirmou que a emissora recebeu a proposta de Barreto, mas disse que considera difícil a realização do programa, apesar de afirmar que "o projeto, em princípio, me pareceu legal", mas sem "muito a cara da MTV".

Já o palhaço, na pele de Barreto, está otimista: "Só depende agora de uma ida minha aos Estados Unidos para negociar com a proprietária da marca, e julho do ano que vem já deve estar no ar", disse ele por telefone à Reuters. Na avaliação de Gões, da MTV, o obstáculo para levar o programa adiante está justamente nos direitos autorais sobre a marca Bozo.

"O problema é que se ele conseguir a licença do Sr. Bozo lá fora, talvez o preço fique muito caro para a gente aqui", explicou Gões.

NOVOS PERSONAGENS

No programa concebido por Barreto, o VJ Thunderbird participaria fantasiado de Mago Merlim, comandando uma central de informações musicais.

Thunderbird, no entanto, não sabia da existência do projeto, muito menos da inclusão de seu nome nos planos do palhaço Bozo. "Acho sensacional, ele é um ícone, mas não estava sabendo desses planos", disse o músico.

Em vez de Papai-Papudo e Vovó Mafalda --que faziam a alegria da criançada ao lado do Bozo-- estará a liga KGB ("Krianças Gostam do Bozo"), composta pelos irmãos Hermes e Renato, que já trabalham na MTV.

Barreto pretende colocar a dupla nas ruas, abordando as pessoas com o seguinte bordão: 'Pergunta que o Bozo responde!'.

As perguntas seriam relacionadas à música. Se o palhaço não souber responder, o entrevistado na rua ganha prêmios e depois tem que responder a uma charada do Bozo.

Barreto explica: "Caso ele não acerte, ai vai ter que enfrentar minhas brincadeiras. E ai nós vamos relembrar nossos antigos tempos de Bozo, que eu sei que quem assistia tem muita saudade."

Estará presente também o inesquecível jogo de memória, o "Bozo Memória", mas dessa vez com líderes de banda ou grupos musicais.

De cabeleira vermelha espetada na horizontal e roupa nos tons azul, Barreto atualmente trabalha num "barco-hospital" chamado "Luz do Tietê", levando voluntários da área de saúde para as populações ribeirinhas do rio Tietê.

De 1986 a 1992 Barreto estudou Teologia na sede brasileira da Universidade Search of God, fundada no Canadá.

"Sou pastor sim, mas de ação social e não de ficar no altar pregando", disse. "Dei um tempo para reciclar, mas agora quero voltar e mostrar tudo o que aprendi, botar tudo para fora".

HISTÓRIA BOZOLINA

O palhaço Bozo original foi criado em 1946, por uma gravadora de discos nos Estados Unidos. Com a chegada à televisão --três anos depois-- o palhaço foi transformado em uma franquia, chegando ao Brasil em 1981, pelo canal SBT.

O Bozo norte-americano, Larry Harmon, que já havia treinado mais de 200 comediantes 'bozolinos', escolheu o brasileiro Wandeko Pipoca para fazer o papel por aqui. Com o sucesso estrondoso da Bozomania, Sílvio Santos decidiu contratar mais dois atores, entre eles Barreto e Luis Ricardo.

Mais tarde, outros dois foram chamados, o ator Décio Roberto, morto em 1991, e o compositor Marcos Pajé.

Na próxima terça-feira, às 22h, Arlindo Barreto estará presente, na pele do palhaço Bozo, naturalmente, no quiz da MTV "Neurônio", disputando com a dançarina Rita Cadillac.

UOL Cursos Online

Todos os cursos