"Mulher Biônica" volta às telinhas dos EUA em remake

SÃO PAULO (Reuters) - Jaime Sommes, a primeira ciborgue feminina, está prestes a voltar à televisão norte-americana. O seriado futurístico "A Mulher Biônica", famoso nos anos 1970, vai ganhar um remake em pleno século 21.

O site The Hollywood Reporter divulgou na terça-feira que a USA Cable Entertainment está desenvolvendo o projeto para a rede USA ao lado da produtora Team Todd.

A série original, que foi ao ar em 1976, mostrava Sommers (Lindsay Wagner) como uma mulher que é reconstruída de forma biônica após um acidente quase fatal. A operação lhe confere superpoderes e ela passa então a combater o crime em missões para o governo.

Como no passado, a nova Sommers será alta, atlética, loira e de olhos azuis, informou o site. E com a nova "Mulher Biônica" gravada nos dias de hoje, a atração deverá contar com avanços tecnológicos nos efeitos especiais.

O site acrescentou que o seriado ainda não tem data para ir ao ar, mas que a produtora já está escolhendo um roteirista para o projeto.

UOL Cursos Online

Todos os cursos