Ator de "Spartacus", Andy Whitfield morre de câncer aos 39 anos

Los Angeles - Andy Whitfield, a estrela de 39 anos da série "Spartacus: Blood and Sand", morreu neste domingo (11) em Sydney, na Austrália. Seu agente, Sam Maydewm disse que Whitfield sofria de de um linfoma não-Hodgkin.

Vashti Whitfield, sua esposa, fez um comunicado dizendo que o marido era um "guerreiro jovem e belo", que morreu em uma "manhã de Sydney ensolarada" nos "braços de sua amada esposa."

Whitfield --que nasceu no País de Gales e viveu na Austrália-- era um desconhecido quando foi escolhido como o herói protagonista de "Spartacus", uma série da rede Starz que fez sucesso com sua violência gráfica e sexualidade.

Whitfield estava se preparando para a segunda temporada, quando foi diagnosticado com câncer há 18 meses. Em janeiro, a rede anunciou que um outro ator australiano, Liam McIntyre, iria assumir o papel.

O câncer do ator é do mesmo tipo que o do ator brasileiro Reynaldo Gianecchini. A diferença é que o tipo de Whitfield era o B, considerado mais tratável e menos agressivo. "O tratamento e a forma como o paciente reage varia de acordo com o organismo de cada um. Os linfomas do tipo não-Hodgkin podem ser B ou T. O T é mais agressivo que o B, e usualmente o tratamento é mais difícil, porque ele evolui rápido e se apresenta de forma mais disseminada no corpo, por isso o tratamento tem que ser mais intensivo. Geralmente 85% dos linfomas são B e 15% são T. ", explica Juliana Pereira, chefe do setor de hematologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira.

ENTENDA O QUE É LINFOMA E SEUS SUBTIPOS

  • Arte UOL

    Clique na imagem para navegar



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos