UOL Entretenimento Televisão
 
04/08/2011 - 07h00 / Atualizada 04/08/2011 - 13h53

Insensata Norma: público tem pena e raiva da personagem

MAURICIO STYCER
Crítico do UOL
  • Prevista para ser heroína, Norma divide opiniões do público após ter cometido vários crimes

    Prevista para ser heroína, Norma divide opiniões do público após ter cometido vários crimes

É possível um folhetim sem herói ou heroína? Oficialmente, “Insensato Coração” até tem um casal de “mocinhos”, formado por Pedro e Marina, mas eles jamais mereceram dos autores o cuidado que se reserva aos protagonistas de uma trama. Para piorar, os atores que vivem estes personagens, Eriberto Leão e Paola Oliveira, nunca exibiram carisma suficiente para arrebatar o público.

O papel de protagonista da novela foi reservado por Gilberto Braga e Ricardo Linhares, com todo o cuidado, a Norma (Gloria Pires). Técnica de enfermagem humilde e dedicada, foi enganada pelo vilão da história, Leo (Gabriel Braga Nunes), perdeu o pouco que tinha e ainda amargou alguns anos na cadeia por um crime que não cometeu.

Perfil perfeito para uma heroína, Norma leu Dostoievski na prisão e ganhou consciência do seu lugar no mundo. Perdeu a inocência e entendeu que precisava ser não apenas boa, mas esperta, para sobreviver na selva.

Ao final de 100 capítulos, quando finalmente iria começar o reinado de Norma, notou-se que algo deu errado nesta transição. Por motivos que ignoro, os autores transformaram a “nova” Norma numa psicopata, cujo desejo de vingança e, ao mesmo tempo, a paixão por Leo a cegaram completamente.

Para alcançar seu objetivo, a ex-enfermeira foi responsável, direta ou indiretamente, por quatro mortes (Araci, na prisão, Teodoro, Milton e Zeca), transformou seu algoz em escravo, em vez de entregá-lo à polícia, e caminha, nesta reta final, para abraçá-lo, compreendendo que são “iguais”.

Transformada pelo sentimento de amor e ódio por Leo, Norma perdeu as estribeiras completamente. Tornou-se uma pessoa por quem o público alimenta um misto de pena e raiva, uma personagem sem sentido, insensata como a novela que a criou.

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é repórter especial e crítico do UOL

Visite o blog do jornalista

Fórum UOL Televisão - Mauricio Stycer

Críticas

Mais Críticas
Hospedagem: UOL Host