Na bronca com Dilma, correspondentes internacionais sentem saudades do Lula

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL
  • Reuters/Gcis/Jacoline Prinsloo/Handout

    Presidente Dilma Rousseff em Durban

    Presidente Dilma Rousseff em Durban

Os correspondentes internacionais das diversas emissoras, os que acompanham a presidente Dilma na maioria das suas viagens, andam aborrecidos com ela.

As dificuldades para atender a imprensa são sempre muito grandes e as entrevistas, às vezes combinadas, desmarcadas em cima da hora.

E tem mais um...

Independente de qualquer coisa e mesmo considerando que a presidente é do trabalho, esses correspondentes falam muito em "saudades do Lula".

No caso do ex-presidente, o mínimo que acontecia era um sobe-som. Bastava falar em Corinthians, que ele saía jogando.

*Colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.

UOL Cursos Online

Todos os cursos