A conta do SBT não está batendo

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL
  • Roberto Nemanis/SBT

    Silvio Santos durante apresentação do "Programa Silvio Santos" (2/8/2012)

    Silvio Santos durante apresentação do "Programa Silvio Santos" (2/8/2012)

O vice do SBT, José Roberto Maciel, na semana passada, disse que o crescimento deste ano deve acontecer na ordem de 13% a 14%. Essa conta não vai bater. Como acontece há mais de 5 anos, com toda a certeza, ficará abaixo do mercado.

Conta não bate - 1

É importante esclarecer que apesar das colocações feitas, o SBT não observou nenhum grande investimento nos últimos tempos. Foi só “Carrossel” e mais nada. A reprise de novelas, que também provocou forte impulso na audiência – ideia do dono, Silvio Santos, pouco representa para o mercado comercial.

Conta não bate – 2

O SBT, embora numa fase mais auspiciosa, mais em decorrência da fragilidade apresentada pela concorrente Record em tempos recentes, está perdendo participação no mercado há 5 anos. Alguns dos seus programas, instalados em faixas nobres da sua grade, estão com prazos de validade vencidos. São os casos do “Aventura”, “Astros” e “Cante se Puder”. Só são mantidos porque não existe outra coisa para colocar no lugar.

*Colaboração de José Carlos Nery

Leia a íntegra da coluna do Flávio Ricco

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.

UOL Cursos Online

Todos os cursos