As cartas psicografadas pela Hebe começam a sobrar

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL
  • Reprodução

    Hebe Camargo em entrevista exibida pelo "Fantástico" no dia 7 de outubro (2012)

    Hebe Camargo em entrevista exibida pelo "Fantástico" no dia 7 de outubro (2012)

Desde o dia que ela se foi, chega a ser absurdo o número de cartas psicografadas da Hebe Camargo enviadas para cá, se servindo dos mais diversos remetentes. Parece que ela não fez outra coisa.

Só que é impossível chegar a uma conclusão. Ou a Hebe está brincando com todos eles ou estão todos querendo me enganar. Uma não bate com a outra.

*Colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.

UOL Cursos Online

Todos os cursos