Rebelde

Vandalismo nos bastidores de "Rebelde"

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL
  • Divulgação/Record

    el Fronckowiak, Micael Borges, Chay Suede, Sophia Abrahão, Lua Blanco e Arthur Aguiar, de "Rebelde" (2012)

    el Fronckowiak, Micael Borges, Chay Suede, Sophia Abrahão, Lua Blanco e Arthur Aguiar, de "Rebelde" (2012)

A Record resolveu encurtar a novela “Rebelde”, fato já conhecido e divulgado. Podemos, todos, inclusive os que dela participaram, discutir se foi uma decisão acertada ou não. E nada mais que isso.

Portanto, não se justificam as atitudes de determinadas figurinhas, que tentaram extrapolar, jogando a sua raiva em alguns pertences da emissora, inclusive cenários. Isso tem um nome: vandalismo. É coisa de cafajeste.

A história das novelas na Record não começou e nem irá terminar com “Rebelde”.

*Colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.

UOL Cursos Online

Todos os cursos