Cabo Bruno quis cobrar preço alto por entrevista

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL
  • Matuiti Mayezo/Folhapress

    Ex-policial Florisvaldo de Oliveira, conhecido como cabo Bruno

    Ex-policial Florisvaldo de Oliveira, conhecido como cabo Bruno

Tem outra história do cabo Bruno, assassinado no fim da noite de quarta-feira e que estava em liberdade há pouco mais de um mês.

Algumas emissoras foram em cima dele, quando deixou a prisão, interessadas em fazer uma entrevista. Ele pediu R$ 45 mil e, pelo que se sabe, ninguém aceitou pagar.

Ontem, conhecida a notícia da sua morte, estavam todas atrás de material.

*Colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.

UOL Cursos Online

Todos os cursos