Políticos querem proibir o UFC

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL Leia todos os artigos
  • Record/Divulgação/Arte UOL

    Os lutadores brasileiros Vitor Belfort e Wanderlei Silva, que comandarão reality show do UFC na Globo

    Os lutadores brasileiros Vitor Belfort e Wanderlei Silva, que comandarão reality show do UFC na Globo

A Rede TV! apresentou, nem sei exatamente durante quanto tempo, as lutas do UFC nas noites de sábado. Mas, com toda certeza, foram mais de três ou quatro anos.

Só agora, no entanto, porque a Globo está com o reality “Ultimate Fighter” no ar aos domingos e tem mostrado alguns dos seus combates, representantes da classe política entendem que é preciso censurar a sua transmissão.

Foi-se o tempo de se impor ao telespectador o que ele deve ou não assistir. Cabe a cada um, com bom senso, usar do direito de escolher o que pode ou não pode ser sintonizado na sua televisão. Simples assim. O que chama atenção é o momento em que este assunto acaba por despertar o interesse de determinados deputados e senadores. O que encafifa é exatamente isso: por que apenas agora esses senhores resolveram acordar para a existência do UFC?

A impressão que nos deixa, entre outras, é que não tem nada mais importante acontecendo neste país.
 
Realidade diferente – 1
 
Não chega a ser surpresa que a equipe do “Pânico”, em seus dias de Rede TV!, não pedia. Mandava.

Os apresentadores e humoristas tinham toda a frota de carros da emissora à disposição para suas gravações. Já na Bandeirantes, não é bem assim.
 
Realidade diferente – 2
 
A produção do “Pânico”, desde os seus primeiros dias na nova casa, encontra problemas de transporte e isto tem provocado transtornos até mesmo na rotina de gravações.

Na Band, ao contrário da Rede TV!, o serviço em questão é terceirizado.
 

  • Raphael Mesquita e Thyago Andrade / PhotoRioNews

    A atriz portuguesa Joana Santos, que protagoniza o remake de "Dancin Days" em Portugal

Briga boa
 
As novelas "Louco Amor" e "Dancin' Days", fruto da parceira SIC/Globo/SP Televisão, disputam cabeça-a-cabeça a preferência do telespectador português, às 21h40.

 

Depois de ganhar na estreia, "Dancin' Days" perdeu no segundo dia. As duas continuam se alternando na liderança.
 
Procura-se
 
A Globo busca novos talentos para integrar o elenco de “Suburbia", projeto escrito por Luiz Fernando Carvalho e Paulo Lins. É a história de uma jovem negra, linda e pobre, em oito episódios. As gravações começam no segundo semestre e a estreia acontecerá em novembro.

Dos 32 personagens previstos, 13 serão brancos e os demais negros, mulatos ou morenos claros.
 
Ciência
 
Os físicos Wilson Namen, Gerson Santos e Daniel Ângelo, do grupo “Ciência em Show”, atração do programa “Eliana”, no SBT, expandem suas experiências para a televisão paga.

Todos foram contratados pela Fox Entertainment e, a partir de agosto, terão um espaço semanal no canal Nat Geo.
 
Vai voltar
 
A menina Laura Fontana, que ficou conhecida como Mini Lady Gaga, no “Qual é o seu talento?”, deu uma sumida. Mas vai voltar.

Os responsáveis por sua carreira, em Juiz de Fora, estão finalizando um projeto musical, que irá passar primeiro pelos programas do SBT.
 
Demora um pouco
 
O novo programa da Patrícia Abravanel, com direção de Leonor Corrêa, para as noites de sábado, no SBT, na melhor das hipóteses só irá estrear no finalzinho de julho. Antes disso, impossível.

A preocupação de agora é com o seu conteúdo. Ainda não tem muita coisa definida.
 
Importante reconhecer
 
Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto foram bastante criticados quando assumiram o “SBT Brasil”. Sofreram quase um bombardeio. Mas souberam separar o que veio construir do gratuito.

Hoje o entrosamento dos dois é perfeito. Se ainda existem incorreções no jornal, elas passam longe da sua apresentação.
 

  • Raphael Mesquita e Thyago Andrade / PhotoRioNews

    Gracyanne Barbosa participará de entrevista no "Muito Mais"

Pé atrás
 
A dançarina Gracyanne Barbosa, mulher do cantor Belo, aceitou participar de uma gravação do “Muito Mais”, da Adriane Galisteu, na Band.
Porém, cismada, mandou um assessor gravar toda a entrevista.

 

Havia o receio, dizem, que alguma coisa diferente pudesse acontecer ou ser modificada durante a edição. Esquisito isso.
 
É bom avisar
 
O evento com o ônibus olímpico da Record, marcado inicialmente para quinta-feira na praia do Leme, vai acontecer neste sábado.

Foi transferido por causa das chuvas.
 
Indefinido
 
Walther Negrão está com a sinopse da sua próxima novela pronta e já tem alguns capítulos escritos, só que outras decisões precisam ser tomadas sobre este seu novo trabalho na Globo.

O horário é o das seis da tarde, mas ainda falta definir, por exemplo, quem será o diretor. Jayme Monjardim, Marcos Paulo e até Marcos Schechtman, com “Salve Jorge” pela frente, estão cotados.
 
Bons números
 
O “RJ Record”, apresentado por Luiz Bacci, continua se saindo muito bem em audiência junto ao público carioca.

Na quarta-feira, no horário de confronto, bateu o SBT e a novela “Carrossel”, por 8,4 a 7,7. Na noite de quinta, empate em 10 pontos.
 
Bate – Rebate
 

  • A partir de partir de julho, a diretora do “Saturday Night Live”, Tininha Araújo, vai gravar esquetes do programa em outros estados, saindo do eixo Rio-São Paulo.
  • Falando em “SNL”, Acelino Freitas, o Popó, cancelou participação no programa de amanhã.
  • A Globo interrompeu as participações especiais de músicos em “Cheias de Charme”.
  • Mas não significa que não haverá outras.
  • O “Metrópolis”, da Marina Person, neste domingo, na Cultura, vai receber os acordeonistas Toninho Ferragutti e Bebê Kramer. Começa às 21 horas.
  • Está muito grande a pressão em cima do “Manhã Maior”, da Rede TV!.
  • Foi sugerido à sua produção, como estratégia para aumentar o Ibope, inserir matérias policiais.
  • O autor Tiago Santiago ainda aguarda uma posição do SBT sobre o projeto da minissérie “Ela tem um gênio!”, voltada para o público infantil.
  • Edson Spinello, diretor de “Rei Davi”, já voltou a circular pelo complexo de estúdios Recnov, no Rio.
  • Ele e a autora Gisele Joras serão responsáveis pela novela que vai entrar na sequência de “Máscaras”.
  • A Record ainda não divulga detalhes, mas, garante, não existe pressão para acelerar o seu início de produção devido aos maus resultados de “Máscaras”.
  • O feriado, quinta-feira, foi de recordes de audiência para a Globo, na Grande São Paulo.
  • O “Bem Estar” marcou 9 pontos, “Vídeo Show”, 15, “Vale a pena...”, 21, “Sessão da tarde”, 21, e “Malhação”, 22.

C´est fini
 
A novela “Máscaras”, da Record, continua recebendo críticas, a maior parte delas dirigida ao seu autor Lauro César Muniz.

É preciso parar e assistir com calma a alguns dos seus capítulos. Existe uma história sendo contada e um elenco muito bom envolvido.

Mas também são muitos os erros de direção, iluminação – péssima em alguns momentos, e até mesmo na sua edição. Se realmente existe o desejo de corrigir, que se levante tudo que não está funcionando.
 
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos