Para autor de "Amor e Revolução" beijo gay teve quase 100% de aprovação do público

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Colunista do UOL*
  • Luciana Whitaker/Folhapress

     O roteirista de novelas, Tiago Santiago posa para fotos em seu apartamento em Ipanema

    O roteirista de novelas, Tiago Santiago posa para fotos em seu apartamento em Ipanema

O SBT exibe hoje, sem direito a reprise, o último capítulo de “Amor e Revolução”. Tiago Santiago, autor, comenta a cena mais polêmica da trama, o beijo gay das personagens de Luciana Vendramini e Giselle Tigre.
 
“Houve quase cem por cento de aprovação.” Porém ele não esconde que ouviu um ou outro comentário homofóbico. “Foi excelente poder exibir em TV aberta uma relação entre duas mulheres lésbicas, sem caricatura”, finaliza.

* Colaborou José Carlos Nery
 

Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. Email: colunaflavioricco@uol.com.br.

UOL Cursos Online

Todos os cursos