Angela, Clara e Vanessa estão na primeira final só de mulheres no "BBB"

Do UOL, em São Paulo 30/03/2014 23:32

As paulistas Angela, Clara e Vanessa estão na primeira final só com mulheres na história do "BBB" e disputam o prêmio de R$ 1,5 milhão. A vencedora será anunciada na terça-feira (1º).

Vanessa voltou do último paredão do programa neste domingo, no qual disputou a preferência do público com o paranaense Marcelo, até então considerado o favorito ao prêmio pelo público e pelos próprios participantes do programa. 

Para o último paredão, Vanessa foi indicada por Angela, que venceu a prova de liderança e conquistou uma vaga na final. Emparedada, Vanessa pode escolher com quem disputaria a preferência do público e tendo Marcelo e Clara como opções, preferiu o administrador.

Recorde de participantes
O "BBB14" foi marcado pelo recorde de participantes. Pela primeira vez, 20 candidatos entraram na casa do programa, que estreou no dia 14 de fevereiro. Com o início chamado de "BBB Turbo", o programa eliminou seis candidatos nas duas primeiras semanas: João Almeida, Alisson, Rodrigo, Princy, Bella e Vagner. 

De volta ao ritmo normal, amargou recordes negativos de audiência, perdendo a disputa com o programa de Silvio Santos, no SBT, em quatro domingos.

As finalistas
Vencedora da última prova do líder do "BBB14", Angela é paulista de São Roque, tem 26 anos e é advogada. No início do programa, beijou Junior embaixo do edredom e depois foi rejeitada pelo brother, que engatou um romance com a mineira Letícia. Depois de algumas investidas, acabou cedendo e ficando com Marcelo, mas terminou o relacionamento alguns dias depois, após alguns desentendimentos com o paranaense.

Fez amizade com Letícia, Aline e Valter durante o confinamento e acabou se desentendendo com as duas primeiras - com Letícia depois de seu envolvimento com Junior e com Aline depois de ser votada pela gaúcha em um paredão.

Angela
Angela

As paulistanas Clara e Vanessa formaram o primeiro casal lésbico do "BBB" e ganharam da torcida o apelido de "Clanessa".

Casada com o francês Fabian Aguilar e mãe de um menino de um ano e meio, Clara recebeu críticas por seu comportamento fora do confinamento e provocou reações diversas do marido, que primeiro apoiou o relacionamento com Vanessa e depois foi visto aos beijos com uma morena na noite de São Paulo. 

Anunciada oficialmente pelo programa como empresária, a loira de 25 anos trabalha como webstripper e mora com o marido em Las Vegas.

Vanessa é modelo fitness e defensora dos animais. Ativista dedicada, participou da ação que retirou cães da raça beagle do Instituto Royal, em São Roque, e falou sobre sua causa em diversos momentos durante o programa, especialmente em suas defesas ao ser indicada aos paredões.

Por que merecem R$ 1,5 milhão?

No confessionário, as sisters tiveram um minuto para justificar por que devem vencer a 14ª edição do programa.

"Brasil, eu conto com as ligações, com a torcida de vocês. Neste tempo todo aqui, eu chorei, dei risada, me diverti, briguei, acertei, errei, mas tudo o que fiz foi de coração, me doei para esse programa, vivi isso aqui. Nem acredito que estou na final e vou ver toda retrospectiva daqui. Queria pedir pros amigos de São Roque vote, por favor. É um sonho realizado e R$ 1,5 milhão seria sem palavras. Queria dar essa alegria e orgulho pra minha mãe. Vota, por favor, para eu ganhar. Quero muito ganhar. Confio em Deus e o que é meu está guardado. Confio nisso!", disse Angela.
 
Clara disse que tinha medo de ser julgada e agradeceu à torcida. "Mais uma vez está na mão do público, entrei com a cara e coragem, sem entender muito de 'Big Brother', expus todos os meus defeitos e qualidades, sem medo de mostrar quem eu sou realmente. Eu estava com muito medo de ser julgada pelo meu trabalho, pela minha opção  sexual, mas eu fui e me abri totalmente. Nestes três meses, o que vocês viram em casa é o que realmente sou aí fora. Estou confiante e contando com minha torcida. Espero que dê tudo certo. Votem bastante. Família e torcida conto com vocês".
 
Vanessa, mais uma vez, falou de sua casa pelos animais. "Muito obrigada, primeiro tenho que agradecer e não estou nem conseguindo falar. Eu vou revelar meu grande sonho se eu tiver com R$ 1,5 milhão. É o que me motiva viver: quero voltar a estudar medicina veterinária, que eu tinha largado pelo valor e quero abrir uma clínica 24h, porque é muito cara a internação dos bichinhos, para a comunidade carente. Os preços são muito abusivos e quero fazer com preços populares. É algo que sempre pensei na vida. E quero comprar uma chácara para levar meus filhos para correrem, brincarem, se eu resgatar um bicho para levar pra lá e não ter mais preocupação com dívidas. E, o mais importante, tenho um nome e tenho uma causa que me motiva", disse a sister.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos