"Não toparia posar nu", diz Eliéser sobre polêmica do pênis pequeno

Carla Neves
Do UOL, no Rio

Sétimo eliminado do "BBB13", Eliéser comentou o episódio em que ficou chateado com Kamilla por ter entendido que ela falou que seu pênis era pequeno e declarou que não toparia posar nu. Ele também afirmou que quer encontrar a miss para uma conversa fora da casa.

"Foi um gesto que no Pará quer dizer que a pessoa está fugindo e para mim, lá no Paraná, parece pinto pequeno. Essa miscigenação, esse regionalismo do 'BBB' é muito louco", disse o brother em conversa com jornalistas após a saída da casa.

  • 6376
  • true
  • http://televisao.uol.com.br/bbb/bbb13/enquetes/2013/02/27/voce-acha-que-elieser-teria-ficado-no-bbb13-se-tivesse-se-reconciliado-com-kamilla.js

Questionado se ele toparia fazer um ensaio nu para acabar com qualquer desconfiança sobre o assunto, Eliéser foi enfático em negar.

"Não toparia posar nu. Tenho um projeto que é o Amazing, de produção de música eletrônica", falou.

Com 46% de votos, o veterano Eliéser foi o sétimo eliminado do "BBB13". Ele foi indicado diretamente ao paredão após atender o Big Fone da última sexta e disputou a permanência na casa com os novatos Marcello e Nasser.  Nasser teve 41% dos votos, enquanto Marcello somou 13%.

Na coletiva, ele voltou a afirmar que quer conversar com a miss após sua saída da casa: "Ficou uma situação no ar. Depois da discussão conversamos, mas ficou uma coisa sem sal. Ia soar mal aqui fora [se reaproximar dela nesta semana]. Iam pensar que me reaproximei porque estava no paredão. Vamos ter que conversar. Sou um cara que me entrego".

Ao lembrar o começo de seu relacionamento, Eliéser disse que preferiu esperar e ver como ela se comportava.

"Quando ela entrou na casa, já falei que tinha me sentido atraído. Mas quis ver como ela se comportava. Porque também tinha o Yuri em cima. Mas vi que ela é brincalhona e sem medo de fazer palhaçadas como eu. E é ingênua, no bom sentido", afirmou.

Apesar do carinho com a miss, ele acha que ela não vence o programa. "Acho que por ser muito expansiva. Ela canta demais, brinca demais. Isso pode soar como exagero e teatralidade e atrapalhar ela. E ela é realmente daquele jeito".

O paranaense disse ainda que estava confiante na permanência na casa, mas não acreditava que seria o campeão do programa. "Não achava que ia ganhar. Achava que ia permanecer mais três paredões. O fato de ninguém ter justificado o voto em mim, de eu ter sido indicado pelo Big Fone, me fez ficar mais confiante".

Brigas na casa

Marcado por brigas com Anamara, Dhomini e Marcello, entre outras discussões menores na casa, o brother disse que "foram brigas com motivo" e que não se arrepende de nada, mas que seu excesso de autoconfiança pode ter atrapalhado.

"Nesse BBB não me arrependo de nada. Estou muito feliz e saí de cabeça erguida. Sempre fui misturado com os veteranos e com os novatos. Não sei por que saí. Às vezes, o excesso de confiança me atrapalhou", opinou. Sobre a briga com Anamara, de quem se aproximou pouco antes de deixar o programa, o brother disse que "com a cabeça quente a gente fala sem pensar", mas que os dois aprenderam muito um com o outro.

Sobre os futuros trabalhos fora da casa, Eliéser lembrou que começou a fazer curso de atuação para melhorar a dicção, mas que se apaixonou pelo teatro. "Mas foco para ser apresentador. Rola um preconceito por ser ex-BBB. Sei quanto é difícil estudar teatro", afirmou, dizendo ainda que se espelha em Rodrigo Faro. "É um cara que já foi atleta, jogava vôlei, modelo e muito família. Também sou assim".

Ex-noiva

O brother também contou que havia terminado com a ex-noiva, Osyanne Pilecco, em outubro, antes de a produção entrar em contato com ele para retornar ao programa, mas que costumava lembrar dela no confinamento.

"Eu cantava uma música que escrevi que ela sabe que era para ela. A gente terminou bem. Sempre apoiei os projetos dela", disse.

Eliéser
Eliéser

Últimas de BBB 13

UOL Cursos Online

Todos os cursos