Vencedor do "BBB12" vira galã do dia para noite na pequena cidade de Aral Moreira (MS)

Elverson Cardozo
DO UOL, em Aral Moreira

  • João Garrigó/UOL

    Ana Carolina Finger, de 17 anos, foi a "ficante" de Fael por cerca de oito meses, mostra livro e blusa que foram do vencedor do BBB12 (30/3/12)

    Ana Carolina Finger, de 17 anos, foi a "ficante" de Fael por cerca de oito meses, mostra livro e blusa que foram do vencedor do BBB12 (30/3/12)

Milionário, o médico veterinário Rafael Cordeiro, de 25 anos, que ganhou o prêmio de R$ 1,5 milhão na 12ª edição do "Big Brother Brasil 12", virou galã "do dia para noite" na cidade de Aral Moreira, Mato Grosso do Sul, onde nasceu e foi criado.

Nas ruas, a empolgação tomou conta, principalmente entre o público adolescente. "Todo mundo fala que quer ficar com ele", revela Fabiana de Souza, de 18 anos. A estudante conta que já paquerou o rapaz antes da fama.  "Agora ele vai dar uma de difícil", opina a amiga, Vera Lucia Brites, de 17 anos, que também já esteve nos braços do veterinário. Para a jovem, Fael está entre os homens mais bonitos da cidade.

João Garrigó/UOL
Todo mundo fala que quer ficar com ele.

Fabiana de Souza, de 18 anos

No linguajar típico de adolescente, Sônia Estela Flores dos Santos, de 14 anos, conta que não tem dúvidas de que o Sul-Mato-Grossense tenha se tornado o galã de Aral Moreira. "Ele é tudo de bom. Na hora que chegar aqui vai ter muitas meninas dando em cima dele", afirma.

Tem quem o considere apenas "galã na simpatia". Adriele da Silva Borges, de 17 anos, acredita que Fael conquistou o público não pela beleza, mas principalmente pela humildade e bom relacionamento dentro da casa. "Mas comigo é assim: É simpático? É bonito!", resume. A amiga, Priscila Matoso, de 25 anos, discorda e diz que mesmo antes da fama o veterinário já era cobiçado no município, mas afirma que o sucesso do rapaz aumentou "porque ele agora tem R$ 1,5 millhão".

MAPA DE ARAL MOREIRA

  • Arte/UOL

No "vai que rola" tem um bom número esperando, mas quem já paquerou o novo milionário do Brasil antes da fama guarda a lembrança como um troféu e faz questão de espalhar a notícia. A adolescente Ana Carolina Finger, de 17 anos, foi a "ficante" de Fael por cerca de oito meses. Relata que conheceu o brother em uma lanchonete da cidade. A mesma que serviu como ponto de encontro para exibição dos paredões em que ele participou. "No dia que ele entrou eu fiz o maior 'piseiro' aqui em casa. Chorei, gritei..."

Sem muito compromisso, o romance só não deu mais certo porque o pai da adolescente quis tirar satisfação com o veterinário. Do amor de verão, além da lembrança dos bons momentos, sobrou apenas uma blusa e um livro que pertenciam a Fael. Ana Carolina não tem esperanças de que o rapaz volte a procurá-la, por isso tomou uma decisão. "O livro eu devolvo, mas a blusa não. Tem até o cheiro dele", conta, acrescentando que não pretende lavar o agasalho.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos