Repentina avalanche de votos chama mais a atenção do que a saída de Yuri

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Crítico do UOL Leia todos os artigos
  • Reprodução

    Com 51,23% dos votos, o lutador Yuri foi eliminado no paredão que disputou com João Carvalho

    Com 51,23% dos votos, o lutador Yuri foi eliminado no paredão que disputou com João Carvalho

Dia de eliminação, o mais importante do “BBB”. No último intervalo de “Fina Estampa”, Pedro Bial surge para informar que o resultado do paredão está “imprevisível”. É um recado às enquetes, como a do UOL, que informavam uma vitória tranquila de João Carvalho sobre Yuri. “Já passamos de 23 milhões de votos”.

Começa o programa e Bial parece pouco preocupado com a disputa entre os dois candidatos. O apresentador só fala dos números. Que crescem de forma exponencial, segundo ele. Em um minuto, mais um milhão de votos. Em cinco minutos, mais três milhões de votos.

“Isso não é um programa de televisão. É uma fábrica de paixão”, diz Bial. Mr. Edição tenta fazer a sua parte, mas está difícil tirar leite de pedra. Brinca com o “namoro” de Jonas e Monique (“Jomeu e Moniqueta”), diz que “deu a louca na Mamma” e repete pela terceira vez em cinco dias a cena da chegada de Laísa ao Gran Hermano (“Tô de volta! Tô de volta!”)

Volta de um intervalo e Bial anuncia mais alguns milhões de votos. Sem nada que justifique, o Brasil inteiro decidiu nos últimos minutos votar com a paixão que não teve ao longo de 48 horas. Incrível.

Mr. Edição mostra Jorge Fernando tentando fazer graça com os “brothers”. O apresentador faz a única boa piada da noite: “Jorge Fernando botou vocês para atuar. Coisa que vocês nunca fazem”.

E Bial se desdobra no esforço de convencer a plateia que não há disputa mais emocionante no “BBB” do que esta entre João Carvalho e Yuri. “Pessoal resolveu votar na hora do programa”, diz o apresentador, tentando explicar o misterioso fenômeno da multiplicação de votos.

Encerrada a votação, ele diz que foram 36.148.590 votos. Ou seja, em menos de uma hora, mais de 13 milhões de votos foram computados. Em outras palavras, 36% dos votos foram dados enquanto o programa acontecia.

João Carvalho? Yuri? Tiveram destaque no programa, mas menos do que Bial falando desta incrível – e repentina – avalanche de votos.

 

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor. Conheça seu Blog no UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos