! Sete critérios para avaliar quem merece ganhar o BBB11 - Crítica do BBB, por Mauricio Stycer - UOL BBB11
  • http://televisao.uol.com.br/bbb/bbb11/critica/mauricio-stycer/2011/03/28/sete-criterios-para-avaliar-quem-merece-ganhar-o-bbb11.htm
  • Sete critérios para avaliar quem merece ganhar o BBB11
  • 27/01/2022
  • UOL Televisão - Reality
  • UOL BBB11
  • @UOLTelevisao #UOL #BBB11
  • 123
Tamanho da letra
28/03/2011 - 06h03

Sete critérios para avaliar quem merece ganhar o BBB11

MAURICIO STYCER
Crítico do UOL

Como o público define o voto na final do BBB? Será possível estabelecer parâmetros e critérios para votar? Ou esta é uma decisão baseada exclusivamente em critérios como simpatia e antipatia? Sabemos que há uma grande dose de emoção e subjetividade na escolha do vencedor, mas será possível fazer uma opção um pouco mais “racional”?

Diante de uma disputa que parece apertada entre Maria, Daniel e Wesley, proponho sete critérios para tentar avaliar quem merece ganhar R$ 1,5 milhão.  

Beleza: Maria vence este critério com folga, na disputa com qualquer outra mulher do programa. Alguém poderá dizer que ela não é 100% natural. Tudo bem. Mas ela ganhou pontos ao falar abertamente sobre isso. Na última prova de resistência, teve medo que sua prótese de silicone estourasse. Já Wesley certamente ganha pontos entre as mulheres. Pelo que entendi dos comentários, o candidato fica ainda mais bonito quando se lembra que ele é médico.

Coerência: Os três foram coerentes ao longo de toda a jornada. Com um vacilo aqui, outro ali, creio que Daniel, Maria e Wesley chegaram à reta final porque não cometeram nenhum deslize maior neste campo. Tiraria pontos apenas de Maria por ter votado no namorado, no confessionário, tendo a opção de votar em Daniel.

Defesa de uma causa: Gay assumido, Daniel pode atrair votos na comunidade GLS que acompanha o programa. Ele não discutiu questões sobre a sua sexualidade no confinamento, mas agiu com naturalidade, sem esconder suas preferências.

Diversão: É o que mais pesa na minha escolha. Quem me divertiu mais ao longo do programa? Maria e Daniel dividiriam o prêmio, por esse critério. Debochado, sem freios, o pernambucano fez todo mundo rir com seu jeitão, tanto sóbrio quanto bêbado. Já Maria, na sua obsessão – ingênua ou estudada – por Mauricio, produziu momentos dignos das melhores comédias do cinema italiano.

Necessidade: Muita gente vota por este critério. Quem precisa mais do dinheiro? Não parece haver dúvidas de que Daniel é o mais necessitado. O candidato fundou um asilo para idosos e o administra até hoje. Pode perder votos pela insistência em falar disso.

Participação: Você se lembra de alguma coisa que Wesley tenha dito ou feito nos mais de dois meses que ficou na casa? Por este critério, Maria vence fácil. Ela foi a que mais se expôs, participou, falou e disse bobagens ao longo dos 76 dias. Daniel não fica muito atrás, mas perde pontos pela fase inicial, quando sua participação se resumia a tricotar com Lucival.

Transparência: O BBB é um jogo, mas quem joga abertamente é mal visto pelo público. É difícil entender isso, mas funciona assim. Por esse critério, Daniel perde de Wesley e Maria. O pernambucano jogou de forma muito mais transparente do que seus dois adversários na final.

$import.read("http://tcinclude.sys.intranet/_template/web/barra-uol/barra-uol.htm")