Big Brother Brasil 10
Angélica

Angélica

  • Idade:24 anos
  • Profissão:Jornalista
  • Cidade:Uberlândia - MG
Notícias Perfil

19/02/2010 - 00h21

Dourado é um desafio para o curso de Introdução à Psicologia de Botequim

MAURICIO STYCER
Crítico do UOL
  • Na madrugada, Dourado chama Angélica de "cínica" e "X9", entre outros palavrões

“Pólos declarados do conflito na casa, Angélica e Dourado querem o poder”, explicou Pedro Bial, num dos vários momentos didáticos do programa desta quinta-feira dedicado a interpretar e delinear o mais recente embate na casa.

Com a experiência de outro BBB nas costas, o lutador Dourado impressionou os demais candidatos desde o início pela sua desenvoltura e franqueza. “Sempre rouba a cena”, explicou Bial ao público, observando que o candidato diariamente se senta na mesma poltrona, em primeiro plano. “A gente não fala só por palavras”, ensinou o apresentador em mais esta aula do instrutivo curso de Introdução à Psicologia de Botequim.

Com um jeitão truculento e machista, Dourado parecia disposto inicialmente a antagonizar com o maquiador Dicesar. Mr. Edição, algumas semanas atrás, até mostrou um quadro divertido, expondo o morde e assopra que estava ocorrendo entre os dois. Mas Dicesar refugou e tirou o time de campo depois que o psicólogo Bial disse que ele parecia apaixonado pelo lutador.

Dourado, então, provocou Serginho, o outro homossexual assumido na casa. Reclamou grosseiramente com ele durante uma refeição em que o candidato começou uma conversa sobre sexo. “Perdi o apetite”, disse Dourado, retirando-se da mesa. Alguns momentos depois, pediu desculpas, aparentemente arrependido da cena que fez.

Após 38 dias, o aguardado confronto de Dourado na casa foi ocorrer, curiosamente, com uma mulher, lésbica, que até então vinha marcando presença pelo jeito franco de falar da sua sexualidade e pelo flerte gaiato com a heterossexual Cacau, que ambas tornaram público e transformaram numa brincadeira repleta de insinuações.

Na madrugada desta quinta-feira, por volta das 4h da manhã, o candidato aparentemente perdeu o controle e esbravejou, transtornado, numa conversa com Lia, Maroca e Cadu: “Ela é muito malandra. Ela é uma puta de uma cínica. Está se fazendo de coitadinha, está se fazendo de amorosa. O único comprometimento dela é ganhar dinheiro aqui dentro”

Dourado começou a identificar Angélica como uma rival a combater dentro da casa depois de uma conversa com a moça, na qual ela reclamou: “Eu não sei quem você é, realmente. Você voltou do paredão uma outra pessoa.” Com a experiência adquirida no passado, Dourado tem insistido muito que o segredo do sucesso no BBB é ser transparente, dizer tudo na cara. Como esforçado aluno do curso de Bial, eu pergunto se a frase de Angélica não teria acertado Dourado na veia?

Angélica falou de suas desconfianças em relação ao comportamento de Dourado com os integrantes do grupo rival – Eliéser, Cacau, Michel & Cia. O lutador afirmou ter percebido, depois de conversar com Cacau, que Angélica está tentando influenciá-los a votar contra ele. Daí a sua revolta: “Ela é uma filha da p..., uma X9, leva-e-traz. Ela disse que não está aqui para jogar e que o único comprometimento dela é com ela mesma. Mentira! O comprometimento dela é com o dinheiro!”

Em outro bom momento do seu destempero na madrugada, não exibido na noite de quinta-feira, Dourado voltou a falar sobre a principal lição que aprendeu com “O Poderoso Chefão”, o filme, de Francis Ford Coppola. “Mantenha os amigos perto e os inimigos mais perto ainda”, ensinou. “Eu sou mafioso. Penso com a cabeça de Don Corleone”, disse. O que nosso psicólogo poderia dizer sobre isto?

Compartilhe:

    Últimas Notícias

    Hospedagem: UOL Host