!
02/12/2011 - 01h42

Após dizer que equipe tomou "decisão estúpida", João Dória Jr. demite Rodrigo de "O Aprendiz 8"


Da Redação
  • Líder da Vetor, Rodrigo se decepciona ao saber que sua equipe perdeu a décima tarefa de "O Aprendiz 8" (01/12/11)

    Líder da Vetor, Rodrigo se decepciona ao saber que sua equipe perdeu a décima tarefa de "O Aprendiz 8" (01/12/11)

Por ser líder da equipe que tomou uma "decisão estúpida", segundo João Dória Jr., Rodrigo, único participante do sexo masculino que restava em "O Aprendiz 8, foi demitido nesta quinta-feira (1).

"O que faltou? Inteligência?", questionou o apresentador no momento da demissão. Rodrigo é o décimo participante a deixar o real. Seis mulheres continuam na disputa por R$ 1,5 milhão.

Prova

Na décima tarefa do reality show, Dória Jr. disponibilizou R$ 5.000 para que os participantes comprassem uma lista de itens incomuns ou raros.

Os produtos que precisavam ser encontrados eram: uma sela rosa de cavalo, um vestido de noiva vermelho, uma vitrola de corda, um VHS dublado do filme “Titanic”, uma máquina de escrever, um toca-fitas portátil, um colete salva-vidas, uma prancha de surf, uma rede de vôlei, um brinquedo Pense Bem, um ukulele, um boneco biruta, exemplares da enciclopédia Barsa dos anos 1990, 1994 e 1998, um uniforme de escoteiro e um LP “Tim Maia Racional”.

 

Lideradas por Rodrigo (Vanguarda) e Daniely (Vetor), as equipes adotaram estratégias parecidas e foram buscar a maioria dos produtos em uma feira de antiguidades da capital.

Enquanto o grupo Vetor (Bruna, Daniely e Renata) obteve melhores descontos nas negociações, equipe Vanguarda (Fernanda, Janaína, Suelen e Rodrigo) desrespeitou uma das regras da prova. Por ideia de Suelen, os participantes compraram um vestido branco e decidiram tingi-lo de vermelho.

Quando o prazo da tarefa esgotou-se, Dória Jr. surpreendeu os participantes, anunciando que havia uma segunda etapa para se realizar. As equipes precisariam vender os itens que haviam acabado de comprar. Quem tivesse o menor prejuízo ganhava a prova.

O apresentador acrescentou que o vestido tingido de vermelho precisaria ser pintado de branco novamente para poder ser vendido.

Apesar de ter comprado nove itens (contra 11 conseguidos pela Vanguarda), a equipe Vetor venceu a tarefa e mandou os adversários para a sala de reunião.

Sala de reunião
“Decisão estúpida!”, foi como Dória Jr. classificou a ideia da pintura do vestido no início da sala de reunião. A opção de viajar para o Guarujá (litoral de São Paulo) para vender a prancha de surf também foi criticada pelo conselheiro Cláudio Forner. “Então se vocês tivessem ainda mais tempo vocês teriam ido vender na Austrália, porque lá tem mais surfistas?”, questionou.


A responsabilidade da derrota do grupo recaiu sobre o líder Rodrigo. O advogado não conseguiu se esquivar da acusação de ter excluído Suelen, com quem não tinha um bom relacionamento, da tarefa.

"Você, Rodrigo, é indiferente. Você não liderou, você fugiu. Você falhou como líder. Quem lidera, fala com todos”, disse Dória Jr.

Rodrigo e Suelen foram convocados para a segunda parte da sala de reunião e debateram intensamente, trocando acusações. No auge da discussão, Suelen perguntou ao companheiro: “Você vive bem sendo esse tipo de pessoa?”.

Dória Jr. acatou o conselho de Carla Pernambuco e Cláudio Forner, que queriam a demissão do líder. Ao anunciar a eliminação de Rodrigo, o apresentador elogiou a equipe Vetor, vencedora do desafio, e lembrou que é preciso “garra, vontade, e energia” para ganhar.

Ao ver Suelen chorando, Dória Jr. acrescentou: “Não adianta chorar. Aqui não é lugar de fraco”.

Veja mais